Seja bem-vindo ao Leiobooks

Páginas

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Resenha O Pacto

18:14
Título original: Horns
Autor: Joe Hill
Editora: Sextante
Páginas: 317
Comprar: Buscapé

Sinopse: Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. Descobre também algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso, entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais inconfessáveis. Um médico, o padre, seus pais e até sua querida avó, ninguém está imune a Ig. E todos estão contra ele. Porém, a mais dolorosa das confissões é a de seu irmão, que sempre soube quem era o assassino de Merrin, mas não podia contar a verdade. Até agora. Sozinho, sem ter aonde ir ou a quem recorrer, Ig vai descobrir que, quando as pessoas que você ama lhe viram as costas e sua vida se torna um inferno, ser o diabo não é tão mau assim. 


Sabe aquele livro que te engana pela capa e pela sinopse, mas que no final te deixa satisteito? O Pacto é exatamente este livro.
Não vou dizer que a capa não tem nada a ver com a história ou que a sinopse engana os leitores. Acontece que ambas as coisas te fazem imaginar um livro bem aterrorizante, mas que na verdade é um suspense misturado com drama e com algumas partes que te fazem até dar risada (ou não).

O livro têm uma ótima premissa: cara acusado de matar e estuprar sua namorada que acorda com chifres que fazem as pessoas revelarem seus desejos mais ocultos. Sim, essa foi uma das melhores partes, e apesar do autor, Joe Hill, ter forçado a barra algumas vezes, foi no mínimo interessante descobrir os desejos inimagináveis de alguns personagens, como o policial durão que na verdade é gay e o padre, que é visto como santo, mas que na verdade mantém relações bem íntimas com uma das fiéis da igreja.

Foi citado que o livro tem drama. Sim, tem mesmo e de uma maneira bem angustiante. Imagine você acreditar que sua família e amigos te amam e acordar com chifres descobrindo uma realidade totalmente diferente, ou seja, que seus familiares na verdade têm vergonha de você e desejam a sua morte, ou apenas te querem longe. É exatamente isto que descobre o nosso protagonista Ignatius (ou Ig para os mais íntimos). O pior, na verdade, não é saber isto, mas é ouvir dos próprios lábios destes personagens a verdade. 
E você, escolheria os chifres ou continuaria acreditando na mentira? (sim, uma pergunta filosófica, rs).

O livro é repleto de flashbacks que nos fazem entender um pouco da personalidade dos personagens e dos acontecimentos atuais. Sim, foram necessários, mas na minha opinião foram em excesso.

Os personagens e o enredo são muito bem construídos, mas infelizmente, logo você já descobre quem é o "vilão" da história, e isto propositadamente. Isso talvez seja um ponto negativo, pois seria bem interessante tentar descobrir que é o grande vilão, mas...sabendo quem é ele, só resta esperar pela vingança que o mocinho fará.

O final, eu não poderia deixar de comentar que este livro tem um final meio "aberto" e como não faz parte de série alguma (creio eu), acho que o autor deveria ter fechado todas as brechas, coisa que ele não fez (muito bem).

Enfim, recomendo o livro para quem quiser ler algo um pouco diferente, sem se preocupar com o fato de esse livro ser considerado um livro de terror ( que na minha opinião não é).


OBS.: Fiquei um bom tempo sem atualizar o blog, eu sei, me desculpem. Mas isso acabou. Surgiram novas ideias, tenho muitas resenhas pra postar, enfim, aguardem.

Espero que tenham gostado. Até a próxima.



11 Resposta para “Resenha O Pacto”

Felipe Fagundes disse...
23 de junho de 2011 09:26

Gostei da sinceridade da resenha, o livro parece mesmo de terror (ainda mais sendo de quem é)... mas suspense também é legal! :P
Acho que é um livro que eu leria sim,a proposta é interessante. Só não gostei do "vilão" ser revelado precocemente, quebra um pouco o suspense de qualquer trama.


Natália Maia disse...
28 de junho de 2011 07:50

Uau, esse livro parece bastante intenso! Nunca tinha ouvido falar, e não é muito meu tipo de livro, mas a premissa é no mínimo interessante!
Natália Maia - viciadasemlivros.wordpress.com


Mayara Pongitori disse...
28 de junho de 2011 10:11

Chriss, tava sentindo tua falta. Achava que vc nem ia aparecer mais. Ainda bem que me enganei. =]

Nunca li nada do Joe Hill e já ouvi pessoas próximas a mim, inclusive meu irmão falar muito bem de A Estrada da Noite. Vc já leu?

Gostei da tua resenha e senti vontade de ler o livro. Mais para frente, qnd eu tiver mais aliviada, tentarei consegui-lo.

Bjs
May
It Cultura


Mayara Pongitori disse...
28 de junho de 2011 10:11

*falarem


Kel Costa disse...
28 de junho de 2011 19:05

Tenho vontade de ler esse livro, está até na minha lista de desejados, mas ainda não é nada prioritário. Quando tiver oportunidade, lerei ;) Gostei da resenha!

Bjs,
Kel - It Cultura
www.itcultura.com


Bruno M disse...
1 de julho de 2011 14:42

Não é um terror tipo assustador q te deixa sem dormir, mas é um livro diferente da linhagem sobrenatural e tão bem bem escrito que deixa tudo mais legal!


Glaucea Vaccari disse...
1 de julho de 2011 17:48

Eu realmente imaginava que esse livro era de terror. Bom saber que não é.
Apesar de eu gostar de drama, não tenho tanta vontade de ler esse =/
Bjo


Vicky Doretto disse...
2 de julho de 2011 15:56

Não sei... não me senti muito atraida por esse livro... mas gostei da sua resenha, você colocou bem como o livro é (:
BJão =^.^=


territoriodascompradorasdelivro disse...
21 de agosto de 2011 18:54

Adorei o post
Visitando primeira vez, boa sorte com o blog
Seguindo, me segue também.
http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/
Bjsss *-*


Leonardo Oliveira disse...
28 de março de 2012 14:13

Adorei a resenha, muito bem escrita. Parabéns!

E eu sinceramente gostei muito do seu blogue e estou seguindo se quiser e puder faça o mesmo.

Grande abraço, Leonardo Oliveira.
http://weboysforlife.blogspot.com/


Dicas de Livros disse...
16 de maio de 2012 09:23

Oie... Sigam o blog www.amordelivros.blogspot.com.br
Tem promoção rolando!!!!

Bjssssss


Postar um comentário

SEGUIR

Quem sou eu

Minha foto
Estudante de Direito. 18 anos. Amo música, filmes e adoro The Vampire Diaries. E além disso, sou simplesmente apaixonado por livros

Postagens populares

 

Leiobooks Copyright © 2010 Blogger Templates