Seja bem-vindo ao Leiobooks

Páginas

segunda-feira, 21 de março de 2011

Resenha Angelologia

12:43
Título original: Angelology
Autor: Danielle Trussoni
Páginas: 455
Editora: Suma de letras
Nota: 9
Comprar: Buscapé


Sinopse: No romance de estreia de Danielle Trussoni, best-seller do New York Times, anjos também vivem na Terra e escondem suas asas para não levantar suspeitas. No entanto, sua perfeição imaculada se desfaz quando se apaixonam pelos humanos, seres inferiores. Os descendentes dessa união, os chamados Nefilins, são criaturas híbridas que desejam dominar a humanidade semeando o medo, provocando guerras e se infiltrando nas mais poderosas e influentes famílias da história. No livro, a irmã Evangeline era apenas uma menina quando seu pai a entregou à ordem das Irmãs Franciscanas da Perpétua Adoração, ocupantes do Convento de Santa Rosa, em Nova York. Agora, aos 23 anos, ela se vê subitamente jogada no centro de uma batalha pelo poder na Terra que já se estende por milênios. Os protagonistas desse confronto são os Nefilins e a reclusa Sociedade Angelológica, que, com seus conhecimentos ancestrais, parece ser a única capaz de detê-los. Quando Evangeline se envolve no conflito, sua vida é colocada em risco e o apocalipse parece estar próximo.

Imagine Dan Brown ou Stieg Larsson escrevendo um livro paranormal. Imaginou? É exatamente assim o livro de Danielle Trussoni. Traz toda a complexidade desses autores, mas de forma fantasiosa.
Devo salientar que este não é mais um livro YA. Aliás, este livro nem YA é, mas sim, um livro adulto. Um livro, que tira todo o conceito de anjos e nefilins que autores como Becca Fitzpatrick e Lauren Kate nos fizeram ter.

Se você imagina essas criaturas como perfeitas, boazinhas e que têm prazer em seres humanos, esqueça. Nesta nova história, anjos e nefilins são sim criaturas belíssimas, no entanto tratam o ser humano como uma raça muito inferior à sua. E tanto acreditam nessa inferioridade que matam os seres humanos sem a menor piedade, fazem isso como se estivessem esmagando um inseto debaixo dos próprios pés.
E segundo Danielle, os neflins souberam fazer isso com a maior maestria. De que modo? Eles simplesmente ocuparam cargos de reis, foram homens de grande influência em cada nação desta terra. Quem você acha que deu origem a grandes guerras das quais ouvimos tanto falar nas aulas de Histórias? Sim, foram eles, os nefilins. Sempre estiveram por trás de tudo, sempre com o objetivo de mostrar sua superioridade e fazer a sua própria vontade.

O livro centra-se em mais do que um personagem, razão pelo qual eu considero este livro como um livro sem protagonista. Somos apresentados aos nefilins (filhos de humanos com anjos), à comunidade Angelológia (que mais do que qualquer coisa quer exterminar os nefilins) e às irmãs do Convento de Santa Rosa, do qual surge uma personagem muito importante, Evangeline.

Tudo começa com a doença dos nefilins. Sim, eles são imortais, no entanto uma praga acaba atingindo alguns desta raça. E para o terror dos nefilins esta doença, além de destruir suas asas(honra), os deixa debilitados, levando-os à morte. É uma corrida contra o tempo, eles precisam achar a cura, principalmente Percival, um nefilim que vê seus dias contados.
Paralelamente a sociedade Angelológica está atrás da lira de Orfeu, um objeto feito nos céus, onde ao ser tocado, pode inclusive curar os nefilins doentes.
Enquanto tudo isso acontece, temos a irmã Evangeline, a mais nova do Convento com 23 anos, que por causa de uma carta que recebe, começa a descobrir coisas de seu passado que com certeza influenciarão no seu futuro. Tudo isso se entrelaça e forma o complexo, mas delicioso livro Angelologia.

Como o próprio subtitulo do livro diz, Angelologia traz realmente O conhecimento dos anjos. E eu digo isso, porque nesta obra conhecemos os anjos mais profundamente, as raças dos anjos, como os Vigias, os anjos caídos, os arcanjos.
Estou certo de que o livro é fruto de muitas pesquisas, e para aqueles que admiram livros focados em anjos, com certeza não podem deixar de ler este livro.

Não se deixem intimidar pela tanta teoria que a autora traz, o que no início pode fazer o livro ser um pouco maçante. E sim, Danielle peca um pouco no quesito descrição. Eu entendo que ela poderia ter "enxugado" algumas coisinhas para melhor aproveitamento da história.

Uma das coisas interessantes é que este livro é narrado em 1ª e 3ª pessoa. Isto devido ao flashback que a autora traz no meio da história.

Os personagens são muito bem estruturados, mas não do tipo que te faz se apaixonar por eles, afinal este não é um livro para aqueles que querem romances água-com-açucar. Ah, falando em romance, esqueçam isto no livro também. Neste primeiro livro da série é apenas plantada uma sementinha, que creio eu, a autora irá desenvolver no próximo livro.


Para mim, a única falta grave deste livro foi a passividade da que a autora chama de personagem principal, Evangeline. Neste livro ela tem pouca ação, razão pelo qual, pra mim, não existe protagonista no livro.

Pra concluir, só posso dizer que é altamente recomendável, e eu estou super ancioso pela continuação da série - Angelolópolis, que só sai em 2012.

3 Resposta para “Resenha Angelologia”

Henri B Neto disse...
21 de março de 2011 15:47

Angelologia REALMENTE não me atraiu... Amo livro com anjos & demônios (sempre fui contra eles ''substituírem'' a modinha dos vampiros), mas a sinopse do livro não chamou a minha atenção. O que é engraçado, já que eu gosto de livros estilos ''Dan Brown''.

Bom, quem sabe no final do ano eu não pegue ele para ler?

Henri B. Neto
''Na Minha Estante''


Dasty-Sama disse...
25 de março de 2011 13:59

Se é estilo Dan Brown, já ganha mil pontos para mim, porque sou apaixonada pelos livros deles. Se é de anjo, então, sem todo esse mimimi romântico, ganhou mais pontos ainda. A história deve ser incrível, tem de tudo um pouco que eu gosto! Já tinha ouvido falar desse livro, mas ainda não tinha uma ideia concreta do que era, pensava que era mais um desses romancezinhos chatinhos. Pelo visto, eu estava enganada. Adorei a resenha, muito boa mesmo :D


Thais Pampado disse...
26 de março de 2011 09:30

Estou morrendo de vontade de ler esse livro.
Se é estilo Stieg Larsson, tenho certeza que vou amar *-*

Beijos,

Thais Pampado
Por Trás da Estante


Postar um comentário

SEGUIR

Quem sou eu

Minha foto
Estudante de Direito. 18 anos. Amo música, filmes e adoro The Vampire Diaries. E além disso, sou simplesmente apaixonado por livros

Postagens populares

 

Leiobooks Copyright © 2010 Blogger Templates