Seja bem-vindo ao Leiobooks

Páginas

sexta-feira, 4 de março de 2011

Resenha Louco aos Poucos

11:39
Título Original: Going Bovine
Autor: Libba Bray
Páginas: 591
Editora: iD
Nota: 7
Comprar: Buscapé

Sinopse: Cameron Smith tem 16 anos e foi diagnosticado com a chamada "doença da vaca louca". Ele vai morrer. Um encontro com Dulcie, uma garota-anja-punk, o convence a partir em busca da cura. De quebra, ele terá apenas de salvar o mundo. Como ajudantes, terá Gonzo, um garoto anão neurótico, e Balder, um deus viking aprisionado no corpo de um gnomo de jardim. Junte-se a eles numa viagem repleta de questões profundas - e rasas também - que mostram que a vida não passa de uma jornada psicodélica que vale a pena.

Louco aos poucos centra-se em Cameron, um garoto de 16 anos que descobre estar com uma doença nada comum: a doença da Vaca Louca. O colégio que ele frequenta, que antes o ignorava, agora gira em torno de sua doença, e todos passam a se importar com ele. No entanto Dulcie, uma anja-punk, que anda perseguindo ele a há algum tempo o instiga a ir atrás de sua cura, alegando que na verdade sua doença o ajudará a salvar o universo. Para isso ele deve seguir algumas pistas que surgirão no meio do caminho até encontrar o Doutor X, o sujeito que deixou um "portal" aberto para que aqueles que querem destruir o mundo entrem. Mas além disso, Cameron tem de levar Gonzo, o anão, pois essa busca pela cura interfere também na sua vida. Muitos personagens surgem no meio desta viagem, como Balder, um deus viking aprisionado no corpo de um gnomo que só se libertará ao encontrar o navio Ringhorn. Um livro que não é somente aventura, mas que busca trazer uma boa mensagem de uma maneira bem divertida.


Eu já conhecia a Libba de outros carnavais. Já li o primeiro livro de sua trilogia Gemma Doyle - Belezas Perigosas, e gostei bastante. E eu considero este livro é um giro de 360º, porque a maneira como a Libba conduziu este livro é totalmente diferente da maneira que conduziu sua outra trilogia. Isso foi algo negativo? É claro que não, mas também não posso deixar de dizer que foi estranho, porque afinal nem parecia que era a Libba que eu conhecia que tinha escrito este livro, de tão diferente que foi. Mas é lógico que isso é irrelevante, afinal esse livro se passa no nosso século, enquanto que Belezas Perigosas se passa no século XVIII.

Um dos melhores pontos deste livro é o fato de que ele não é um livro parado e cheio de "embromation", mas muito antes pelo contrario, o trio Cameron, Gonzo e Balder (que aparece na história um bom tempo depois) estão sempre se metendo em alguma confusão, o que os faz serem procurados em todo país, e o pior: sob recompensa. E uma das coisas legais é que a autora se preocupou em sempre passar uma mensagem através dessas encrencas que eles se metiam (sem que isto fosse explícito, é claro).

Um fato que eu não gostei do livro é a mistura de fantasia (anjos, deuses), com ficção científica. Eu sou adepto daqueles que, ou o livro é só fantasia, ou é só ficção científica - nunca os dois juntos. É lógico que isto é um gosto particular, e com certeza haverá pessoas que vão amar essa junção de gêneros.

Um público alvo para este livro, creio eu, seria aquele que curte Percy Jackson. Louco aos Poucos não é tão infantil quanto Percy, no entanto os livros se parecem muito ao mesmo tempo em que são histórias totalmente diferentes. Eu digo isto porque enquanto lia o livro me sentia lendo um livro estilo PJ.

Uma leitura super leve, que com certeza agradará muita gente, porque apesar de suas quase 600 páginas, é impossível largar de ler, principalmente quando você passa por lugares como ISAPELBO, um shopping center da felicidade, por exemplo.

E antes de finalizar, eu queria dizer que fiquei muito feliz, porque este foi o primeiro livro que recebi de parceria com a Editora iD.

OBS.: Me perdoem pela falta de atualização no blog. Essas duas semanas foram muito cansativas, mas agora é feriado e vai dar pra colocar tudo em ordem. Sendo assim, o blog será atualizado com maior frequência.

Bom, é isso, até a próxima pessoal!

8 Resposta para “Resenha Louco aos Poucos”

Sora Seishin disse...
6 de março de 2011 04:57

Oi!!
Eu não sabia que esse livro era sobre a doença da vaca louca! A história parece ser bem louca mesmo.
Adorei a resenha!!
Beijos


Henri B Neto disse...
6 de março de 2011 05:51

Eu sempre vejo este livro na livraria perto do meu trabalho, mas nunca sei o que pensar sobre ele... Na verdade, agora com a sua resenha - que, por acaso, foi a primeira que li sobre ''Loucos aos Poucos'' - eu fiquei mais confuso ainda. Por quê, mesmo achando a trama um tanto interessante, ela ainda não me conquistou.

Enfim, parabéns pelo seu primeiro livro de parceria! '')

Henri B. Neto
''Na Minha Estante''


Natália Puga disse...
6 de março de 2011 13:55

Pensei que só eu tivesse pensando em PJ enquanto lia! Achei o cameron a cara dele! Gostei bastante do livro, apesar de ter esperado mais... e preferia a capa americana, que tem TUDO a ver.


Matheus Alencar disse...
6 de março de 2011 18:30

Oi Chris tudo bom? Olha... Eu indiquei o seu blog a alguns selinhos. Está aqui: http://blogpequenoleitor.blogspot.com/2011/03/selinhos.html

Estou esperando resposta.

Abraços,
Matheus Alencar

http://www.blogpequenoleitor.blogspot.com/


Dieison disse...
7 de março de 2011 12:19

Já ouvi mt falar desse livro, mas ainda não consegui despertar interesse pelo mesmo...
Até porque não sou mt chegado em história muito comuns...
Sempre gosto de alguma coisa a mais... Uma fantasia, um sobrenatural, alguma coisa diferente!
Ótima resenha!


It Cultura disse...
7 de março de 2011 17:56

Quero ler o livro, mas nada que me faça comprá-lo correndo. Gostei bastante da resenha e me animou um pouco mais \o/

Bjs,
Kel - It Cultura
http://www.itcultura.com


Glaucea Vaccari disse...
7 de março de 2011 22:18

Eu quero ler esse livro, mas não é nada do tipo quero desesperadamente.
Não sabia que o livro misturava fantasia com ficção cientifica. E nem sei se isso é bom ou ruim, nunca li nenhum livro que misturasse os dois.
De qualquer forma, é bom saber que não é um livro parado,até porque ele é bem grandinho ...
Bjo


Luiz Silva disse...
8 de março de 2011 01:58

Acho que esse negocio de mistura de gêneros deve ter sido apropriado, afinal o lha o titulo do livro!! hahahaha brincadeira ;X
Quero muito esse livro, e parece que ele é muito bom!!
Adorei a resenha!


Abraço


Luiz Silva
blogueiroleitor.blogspot.com


Postar um comentário

SEGUIR

Quem sou eu

Minha foto
Estudante de Direito. 18 anos. Amo música, filmes e adoro The Vampire Diaries. E além disso, sou simplesmente apaixonado por livros

Postagens populares

 

Leiobooks Copyright © 2010 Blogger Templates